[?]
Tinto Brasil

Miolo Quinta do Seival Cabernet Sauvignon 2004

(outras safras: 2015, 2013, 2012, 2011, 2008, 2006, 2005, 2003)

Positivo 100% Recomendam

Negativo 0% Não Recomendam

83,4
Muito Bom
 
Quem marcou como favorito? (3)
 
Quem Tem? (0)
Quem já Provou? (0)
Quem quer comprar? (0)

Dados gerais

Produtor

Miolo

País

Brasil

Região

Campanha Gaúcha

Sub-região

Candiota

Uva(s)

Cabernet Sauvignon (100%)

Classificação

Tinto

Álcool

13,0%

Tampa

Cortiça natural

Volume(s)

750 ml

Preço Médio

-

Harmonização

Por ser bastante encorpado e possuir aromas bastante complexos, deve ser acompanhado com pratos de textura rica como carnes suculentas e grelhados em geral. Cordeiro, javali, picanha e massas com cogumelos exaltam suas características quando harmonizados com o Quinta do Seival Cabernet Sauvignon. Este vinho pode também ser acompanhado de porco com guarnições doces.

Serviço

   16 ºC  -  18 ºC

Onde Comprar (não necessariamente da mesma safra)

Loja Endereço Filtro:   
Meu Vinho
Meu Vinho
www.meuvinho.com.br

Descrição

No início do século passado o Quinta do Seival era o vinho das famílias nobres brasileiras. No resgate desta tradição a Miolo está produzindo no mesmo local, em seus vinhedos próprios na Campanha/RS, esta linha de vinhos Super Premium.

O inédito Quinta do Seival Cabernet Sauvignon safra 2004, produzido na Campanha Gaúcha, é um fruto da assessoria do enólogo francês Michel Rolland.

O francês é consultor da vinícola desde 2003 e vem ao Brasil uma ou duas vezes por ano para avaliar os vinhedos e processo de vinificação da Miolo. Enólogos de sua equipe visitam a empresa quatro vezes por ano.

Ter produtos assessorados por Michel Rolland significa muito no mundo do vinho, informa a Miolo. Ele é responsável pela elaboração de vinhos reconhecidos internacionalmente, como o chileno Casa Lapostolle, os franceses Angelus, Troplong Mondot, La Dominique e Gran Mayne, das regiões de Pomerol e St Emilion, e os renomados californianos da Harlan State e Robert Mondavi.

Os vinhos lançados por Rolland no ano passado já foram exportados para França, Itália, EUA e República Tcheca.

Degustação

Cor

Alta intensidade de cor com tonalidade de vermelho rubi e púrpura.

Aroma

Frutado ressaltando frutas vermelhas como cassis que integradas com a madeira de carvalho confere ao vinho uma maior complexidade aromática.

Sabor

Na boca apresenta-se bem estruturado com taninos elegantes, deixando uma sensação agradável e aveludada ao final.

Enólogo

Adriano Miolo

Ficha Técnica

Solo

-

Clima

-

Sistema de Condução

-

Sistema de Poda

-

Idade do vinhedo

-

Irrigação

-

Produção

-

Lançamento

-

Período de Consumo

-

Vinificação

Seleção Manual dos cachos em mesa selecionadora. Desengace dos cachos mantendo as bagas inteiras. Enchimento dos tanques (encubado) por gravidade. Maceração em frio (criomaceração) a 8° C, com bagas inteiras por 4 dias. - Fermentação Alcoólica à temperatura controlada de 25 a 30° C, com 4 a 6 pigeage para extração lenta da cor e taninos e 1 delestage para a estabilização da cor. Maceração pós-fermentativa de 10 a 15 dias, para maior extração de polifenóis. Descube por gravidade. Fermentação malolática espontânea e completa. - Amadurecimento de 12 meses em barricas novas de carvalho francês, e envelhecimento na garrafa em caves subterrâneas e climatizadas.

Análise Química

Álcool

13,0%

Acidez volátil

-

Acidez total

-

Açúcar residual

-

pH

-

Extrato seco

-

Prêmios

-

Produtos Similares

Não existem produtos similares a esta safra.

Aviso. Não podemos garantir que as informações nesta página estejam 100% corretas. Leia mais